sábado, outubro 30, 2010

A SÉRIE DOS HARMÓNICOS


Um assunto que sempre me interessou e que "vasculho" há muito tempo é o que se refere ás implicações musicais da série dos harmónicos. Fenómeno puramente acústico, a série dos harmónicos consiste no conjunto de frequências ressonantes que acompanham qualquer som, musical ou não.
Assim, quando tocamos um Dó num piano, por exemplo, para além dessa nota ressaltam simultâneamente outras notas: alguns Dós, sóis, mis, um Si bemol (meio "desafinado"), um ré e por aí fora numa sequência de notas de cuja análise poderemos extrair importantes conclusões.
A intensidade (volume) dessas outras notas é menor. Por isso e pelo facto de haver, nessa série, um maior número de dós do que qualquer outras notas) a nota que ouvimos é realmente um Dó, funcionando musicalmente como tal. Mas a organização interna desses sons harmónicos e a relação matemática entre as suas frequências é todo um mundo em si (neste caso, em Dó...).
Este fenómeno físico tem implicações musicais mais do que muitas e muito importantes. Não foi por acaso que Arnold Schonberg decidiu começar o seu livro de Harmonia por este assunto livro publicado em 1922 e que é ainda hoje uma ferramenta de trabalho importantíssima.
"A Monk's Musical Musings" auto-intitula-se como um blog Semi-Hemi-Demi-Semi-Erudito de teoria musical e guitarra.
Deixando para os guitarristas a informação que lhes é destinada, sou um visitante regular dada a qualidade do trabalho teórico publicado.
Precisamente sobre o assunto de que falo - as implicações musicais da série de harmónicos - encontram-se publicados no blog 10 posts/capítulos que, segundo o autor serão posteriormente editados em livro.
Deixo aqui os links para cada um dos capítulos bem como o meu agradecimento pelo trabalho partilhado.

Thanks Hucbald , for your great work.

















1 comentário:

Hucbald disse...

You're welcome!

I'm glad you find my work useful.

George

google-site-verification: googlefa1481a732b9d84f.html