sexta-feira, abril 25, 2008



S E M P R E !



2 comentários:

psitrek disse...

Um poema do maior (para mim) poeta de Intervenção de um tempo que já lá vai... mas com um "tempo" de poesia que não se desvane-se neste tempo futuro....


«O Futuro«
José Carlos Ary dos Santos


Isto vai meus amigos isto vai
um passo atrás são sempre dois em frente
e um povo verdadeiro não se trai
não quer gente mais gente que outra gente
Isto vai meus amigos isto vai
o que é preciso é ter sempre presente
que o presente é um tempo que se vai
e o futuro é o tempo resistente

Depois da tempestade há a bonança
que é verde como a cor que tem a esperança
quando a água de Abril sobre nós cai.

O que é preciso é termos confiança
se fizermos de maio a nossa lança
isto vai meus amigos isto vai

zimk disse...

Obrigado pelo poema.O Ary era demais.

google-site-verification: googlefa1481a732b9d84f.html