Darn that solo ...

Dos solos de trompete que mais me impressionaram ultimamente faz parte este, de Tom Harrell na balada "Darn that dream". Invenção melódica, elegância, contenção e despojamento são elementos da música de Harrell aqui especialmente presentes.
De transcrição obrigatória e dedicada aos meus amigos trompetistas.
Lamentável que os últimos (6) compassos do solo não tenham ficado registados :-(


Comentários

Anónimo disse…
Excelente trabalho!
João Rodrigues