domingo, janeiro 20, 2013

Darn that solo ...

Dos solos de trompete que mais me impressionaram ultimamente faz parte este, de Tom Harrell na balada "Darn that dream". Invenção melódica, elegância, contenção e despojamento são elementos da música de Harrell aqui especialmente presentes.
De transcrição obrigatória e dedicada aos meus amigos trompetistas.
Lamentável que os últimos (6) compassos do solo não tenham ficado registados :-(


1 comentário:

Anónimo disse...

Excelente trabalho!
João Rodrigues

google-site-verification: googlefa1481a732b9d84f.html